Como fazer um aplicativo? 13 passos para um app de sucesso!

Como fazer um aplicativo? 13 passos para um app de sucesso!

Como desenvolver um aplicativo? 

Quer fazer algo grande? Tem uma excelente ideia para o próximo aplicativo de um bilhões de dólares?

Como criar um aplicativo?

Este artigo detalhará as lições aprendidas durante nossa jornada de empreendedora de 13 anos, gerenciando uma empresa de desenvolvimento de software e criando centenas de aplicativos móveis. Vamos revelar os segredos ocultos de como dar vida às suas ideias. Forneceremos etapas práticas com base em nossa própria experiência em aplicativos para dispositivos móveis e compartilharemos algumas dicas que funcionaram bem para nós. Aqui estão os 13 passos para criar um aplicativo de sucesso.

  • Anote sua ideia de alto nível
  • Escolha entre Android ou iOS, mas não desenvolva os dois ao mesmo tempo
  • Wireframe, Mockup e Protótipo
  • Coletar feedback dos clientes
  • Crie o backend de aplicativo
  • Codifique seu frontend
  • Crie um Landing Page
  • Implemente seu Painel de Controle
  • Otimize seu aplicativo para SEO
  • Teste seu aplicativo com usuários reais
  • Publique seu aplicativo
  • Promova seu aplicativo para alcançar os usuários certos
  • Melhore seu aplicativo com o feedback do cliente

O uso de telefones celulares continua a crescer e esses são os dispositivos mais utilizados no mundo. Acredite ou não, existem mais telefones do que pessoas! Embora o número de pessoas que usam telefones celulares continue aumentando, o desenvolvimento de um aplicativo para dispositivos móveis não é necessariamente simples ou barato. Este tutorial fornecerá dicas que acelerarão o desenvolvimento de aplicativos e economizarão seu dinheiro.

Aqui está um aquecimento que economizará milhares de dólares! Todas as lições aprendidas da maneira mais difícil, é claro. ☹

fazer app

Não comece a codificar imediatamente

Começamos a codificar nosso primeiro produto em 2004 sem nenhuma validação do cliente. Demorou dois anos e, no momento em que estava pronto, não havia necessidade de mercado para o produto. O produto foi ótimo, tinha todos os recursos que você pode imaginar, mas os clientes não o queriam! Uau, nunca nos esqueceremos disso e nunca mais cometeremos o mesmo erro.

A primeira lição que aprendemos da maneira mais difícil é que você NÃO deve começar a codificar imediatamente! A codificação é a peça mais cara da equação, e você poderá ter economias significativas planejando o norte do produto. Encontrar desenvolvedores é difícil e caro! A taxa horária irá variar de R$100 / hora no Brasil para mais de R$500 / hora no Vale do Silício. Portanto, certifique-se de anotar sua ideia primeiro, fazer algumas pesquisas de mercado, projetar alguns esboços e obter feedback com clientes em potencial antes de codificar o aplicativo. Essa regra simples pode economizar milhares de dólares e possivelmente evitar que você crie um aplicativo que ninguém deseja.

Por favor, mantenha as coisas simples e comece com um MVP

A segunda coisa a ter em mente é que o ciclo de desenvolvimento tem que ser pequeno! Um MVP – Produto Mínimo Viável deve estar pronto em no máximo três meses. Eu sei o que você está pensando: “Meu aplicativo tem todos esses recursos e é impossível tê-lo pronto em três meses”. Não se engane porque, antes de coletar comentários de clientes e dados da vida real, você não sabe (você acha que sabe, mas não sabe) quais recursos são necessários para um produto de sucesso. Pode haver uma exceção aqui para aplicativos corporativos que na maioria dos casos exigem integrações complexas de sistemas legados, mas mesmo nesse caso, o desenvolvimento inicial deve ser o mais simples possível para atender aos requisitos mínimos de negócios / segurança.

Pegue feedback dos clientes o mais cedo possível

Valide as hipóteses do seu aplicativo o mais rápido possível e com o menor custo possível! Não espere até que seu aplicativo seja totalmente codificado para exibi-lo para seus usuários em potencial. A razão para isso é simples; Se suas hipóteses não estiverem corretas ou precisarem de ajuste, talvez você não tenha mais recursos financeiros para continuar o projeto. É muito melhor coletar feedback dos clientes nos primeiros estágios do projeto e redefinir os requisitos de aplicativos com base em dados reais. Fazendo isso, você aumenta a probabilidade de lançar um aplicativo bem-sucedido.

Os 13 passos para criar um APP mobile de sucesso

fazer app

Tudo certo! Agora, vou guiá-lo passo a passo sobre como fazer um aplicativo de sucesso! Veja o que você encontrará lendo este artigo.

  1. Escreva sua ideia de alto nível

Mais de 5 mil aplicativos são lançados todos os dias nas lojas de aplicativos! Então, você tem que se destacar na multidão para ter sucesso. O primeiro passo no desenvolvimento de um aplicativo móvel popular é anotar seus objetivos de alto nível. Você deve ter um objetivo, ou você vai vagar e não chegar a lugar nenhum.

Use o Business Model Canvas

Lembre-se da nossa empresa em 2004? Nosso plano de negócios tinha mais de 100 páginas e cobria todos os cenários possíveis. Eu não recomendo isso! Afaste-se de planos de negócios complicados e amplos! Time to Market desempenha um papel vital em aplicativos móveis! Um plano de negócios atrasará esse processo e não o ajudará a atingir esse objetivo. Além disso, a maioria das projeções estará errada.

Uma excelente maneira de desenvolver seu plano de alto nível é usando Business Model Canvas. Este modelo abordará os aspectos mais críticos do negócio, como proposições de valor, segmentos de clientes, receita e muito mais. É possível ter uma primeira versão pronta em algumas horas, dependendo do seu conhecimento anterior da empresa.

make-app-business-model-canvas

Recomendo este framework pelos seguintes motivos:

  • É rápido e ágil
  • É ótimo gerar uma coleção de ideias
  • Ajuda a estruturar discussões
  • Você pode refazer e girar o aplicativo conforme necessário

Startup Owners Manual

Compre este livro e use-o para desenvolver o seu negócio! É um checklist de como criar uma empresa de sucesso do zero. É como um manual de carros, mas para a sua empresa! Tem quase 600 páginas e você encontrará todas as respostas lá. Use-o como um manual e não como um livro para ler durante as suas férias.

make-mobile-app-startup-owner-manual

Tenha um orçamento

 Certifique-se de definir seu orçamento para desenvolver seu aplicativo para dispositivos móveis. O valor que você gastará precisa ser preciso desde o início do projeto.

Por exemplo, vamos considerar um orçamento de US $ 25.000.

  • Orçamento total: US $ 25.000
  • Taxa horária de desenvolvimento offshore: US $ 25,00
  • Total de horas de codificação: 1.000
  • Horas de trabalho / dia: 08
  • Dias úteis / mês: 22
  • Horas de trabalho / Mês: 176
  • Quantidade de desenvolvedores: 2
  • Horas / desenvolvedor total: 500
  • Meses de trabalho: 500/176 = 2,84

Então, este exemplo simples mostra quão caro pode ser um projeto de software! Mesmo se considerarmos uma empresa de desenvolvimento de software offshore a uma taxa tão baixa quanto $ 25,00 / hora, o orçamento de $ 25k só permitirá que dois desenvolvedores trabalhem em um projeto por menos de três meses. Então, é fundamental minimizar o custo de cada erro cometido! O orçamento pode ficar fora de controle rapidamente e é por isso que é essencial fazer alguma validação antes de codificar o aplicativo.

Desenvolvedores vs. Empresa de Desenvolvimento de Software

Essa é uma decisão difícil! Em geral, você deve terceirizar o desenvolvimento se o aplicativo não fizer parte do seu core business. Por exemplo, você tem uma empresa e deseja criar um aplicativo para controlar processos internos ou qualquer outro aspecto da empresa que não seja o core. A terceirização funcionaria melhor para esse caso de uso.

Se o aplicativo for o seu core business, a decisão será mais complicada. Em particular, nos EUA (ou mesmo no Brasil), é um desafio encontrar desenvolvedores e convencê-los a trabalhar para sua empresa. Vamos considerar que você é uma startup com poucos recursos financeiros. A terceirização seria uma alternativa aceitável até que sua empresa cresça e você tenha motivos mais convincentes (visão mais clara, desafios técnicos, dinheiro) para persuadir os desenvolvedores a trabalharem para você. Outro caminho que você pode seguir é procurar um co-fundador técnico, e ele ou ela será seu primeiro desenvolvedor.

O fluxograma abaixo irá ajudá-lo a decidir.

flowchart-find-software-development-company-make-app

  • O aplicativo será o seu core business?
  • Se a resposta for NÃO. A terceirização fará muito sentido.
  • Se a resposta é sim. Faça algumas perguntas adicionais.
  • Você vai trabalhar em tempo integral no projeto?
  • Se a resposta for NÃO. A terceirização fará muito sentido.
  • Se a resposta é sim. Faça algumas perguntas adicionais.
  • Você tem financiamento ou dinheiro para pagar um desenvolvedor por pelo menos 1 ano?
  • Se a resposta for NÃO. Duas opções, terceirizar ou ter um co-fundador técnico.
  • Se a resposta é sim. Duas opções, contrate um desenvolvedor ou tenha um co-fundador técnico.

App B2C x App B2B

Nesta etapa, você precisa definir se segmentará seu aplicativo para consumidores ou empresas. Não há certo ou errado, e é uma questão de escolha.

B2C

  • Grátis ou Freemium
  • Low $ por usuário
  • Design emotivo
  • Alta Rotatividade
  • Grande base de usuários

B2B

  • Pago
  • $ Alto por conta
  • Mais utilitário e foco na simplificação de processos de negócios
  • Baixa rotatividade em comparação com os aplicativos do consumidor
  • Pesquise concorrentes para seu aplicativo

Aqui estão algumas maneiras de saber mais sobre seus concorrentes:

  • Pesquisa do Google / tendências do Google
  • Empresas de relatórios como a Gartner / App Annie
  • Sites como o Alexa / Similarweb
  • Use ferramentas como SEM Rush / MOZ
  1. Android x iOS

 Antes de passar para a próxima etapa, escolha um sistema operacional para começar. O desenvolvimento híbrido facilita a criação de aplicativos em ambos os sistemas operacionais, mesmo assim, a seleção de uma única plataforma simplifica o processo de design, economiza seu dinheiro e você pode adicionar facilmente um novo no futuro. O desenvolvimento em ambas as plataformas ao mesmo tempo tornará seu MVP mais complexo, aumentará os custos e atrasará a compreensão do cliente. Aqui está o Market Share mundial entre Android e iOS.

make-app-android-vs-ios

Android

Tem cerca de 80% da base de usuários. De um modo geral, se você deseja segmentar uma base de usuários mais ampla, comece com o Android. Também é usado principalmente em mercados emergentes como a América do Sul e a Ásia.

iOS

Por outro lado, o iOS engloba 20% da base de usuários. De um modo geral, é uma escolha melhor para alcançar usuários mais engajados e com mais poder aquisitivo.

  1. Wireframe, Mockup, Protótipo

O wireframe não é a mesma coisa que um mockup, e o mockup não é prototipagem!

App Wireframe

O wireframe é um esboço de como o aplicativo vai se parecer.

Mockup do aplicativo

Uma maquete tem imagens e cores animadas.

Protótipo de aplicativo 

Um protótipo permite que os usuários realizem ações como pressionar um botão e interagir com o aplicativo.

Aqui está um exemplo de um wireframe, mockup e protótipo.

wireframe-mockup-prototipo

Investir tempo nesta etapa pode economizar tempo e dinheiro! Outro motivo importante para passar por este passo é que você vai aprender! Você ganhará clareza e acelerará a validação do mercado!

As razões pelas quais você deve projetar seu aplicativo são:

  • É divertido e você aproveitará o processo
  • É muito mais rápido alterar o design do que alterar o código
  • Horas de desenhista são geralmente menos caras do que horas de desenvolvedor
  • Você pode fazer por si mesmo se quiser

Existem várias ferramentas que você pode usar para essa finalidade. Alguns exemplos aqui:

  • Sketch
  • Invision
  • Moqups
  1. Pegue feedback com clientes

Agora que você tem seu protótipo pronto, você pode conduzir a primeira rodada de feedback do cliente! Mostre para amigos e clientes em potencial. Aqui algumas maneiras você pode isso:

  • Mostrar o aplicativo para os fundadores de startups em espaços de coworking
  • Compartilhe com a família e amigos
  • Ir para eventos de encontro
  • Mostre para clientes reais
  • Anuncie o produto no Facebook, LinkedIn e Twitter. Você pode obter créditos gratuitos para isso.
  • Vá para eventos de Pitch

Quer saber mais sobre o feedback do cliente?

Leia este artigo:

41 Ways to Get Customer Feedback

Assista a este video (min 2:54)

Customer Feedback Video

Com base no feedback recebido, você precisa revisar sua ideia e seus protótipos Realize este loop até ficar confortável com os resultados e passar para a próxima etapa.

fazer app idea protótipo feedback cliente

  1. Backend do aplicativo

Agora estamos prontos para começar a codificar o aplicativo!

Aplicativos móveis são como um iceberg! Há uma peça que os usuários podem ver e uma peça invisível.

  • Os usuários podem ver = frontend
  • Os usuários não podem ver = backend

De um modo geral, a maior parte do desenvolvimento se concentrará no backend. Digo isto, visto que o back-end executará a maioria das regras de negócios, armazenará / recuperará dados e gerará as APIs.

backend vs frontend

Existem dois caminhos principais para criar um backend:

  • Use uma plataforma de backend as a service (BaaS)
  • Codifique um backend personalizado do zero

BaaS – Backend como uma plataforma de serviços

Uma ótima maneira de acelerar a criação de backend é usar plataformas para acelerar o desenvolvimento. Usando um serviço de backend, você poderá automatizar tarefas repetitivas como autenticação, login social, backup de dados e outros. Os principais benefícios de usar um backend como serviço são:

  • Velocidade – Reduza o tempo para o mercado
  • Custo – Menos horas de engenharia
  • Infraestrutura – Não precisa se preocupar com o gerenciamento de nuvem

Tomemos, por exemplo, um aplicativo de namoro. Aqui está o quanto você pode economizar usando o serviço de backend.

Integração social

  • Tempo de preparação: 16 horas
  • Tempo de desenvolvimento: 16 horas
  • Custo / hora: US $ 25
  • Custo Total: $ 800
  •  Valor Economizado com o serviço de backend: $ 800

GPS e GeoFences

  • Tempo de preparação: 08 horas
  • Tempo de desenvolvimento: 80 horas
  • Custo / hora: US $ 25
  • Custo total: US $ 2.200
  • Valor Economizado com o serviço de backend: $ 2.200

Enviar notificações push

  • Tempo de preparação: 40 horas
  • Tempo de desenvolvimento: 480 horas
  • Custo / hora: US $ 25
  • Custo total: US $ 13.000
  • Valor Economizado com o serviço de backend: US $ 13.000

Assim, reduzir os custos totais do projeto e acelerar o tempo de entrada no mercado são duas razões convincentes para um backend como uma plataforma de serviços.

Aqui estão algumas opções que você pode começar:

Gostaria de saber mais sobre como um backend como serviço pode economizar seus custos de desenvolvimento? Por favor, leia o artigo abaixo:

Backend as a Service

Como tornar seu aplicativo compatível com GDPR ou LGBD

Outra consideração que você precisa ter em mente é como criar um aplicativo compatível com GDPR ou LGBD. Se o seu aplicativo vai armazenar dados de usuários da União Europeia, você deve estar em conformidade com o GDPR. Se for do Brasil, com a LGBD. Os serviços de backend ajudarão você a fazer isso e a acelerar todo o processo. De um modo geral, um serviço de backend irá fornecer-lhe um DPA – Data Processing Addendum e atuará como o processador de dados. O proprietário do aplicativo atuará como um controlador de dados. As vantagens de usar um backend como serviço para GDPR são:

  • O proprietário do aplicativo atuará como controlador de dados
  • Terceirizar as responsabilidades do Processador de Dados para o serviço de backend
  • Configurações de segurança / privacidade pré-configuradas no lado do servidor

Por exemplo, no Back4app, alocamos a maior parte de nossa equipe de engenharia por cerca de 60 dias para redefinir a estrutura de backend para atender aos requisitos do GDPR. Então, é possível fazer isso sozinho, mas o tempo e o esforço necessários serão substanciais. Não é uma tarefa fácil e, em particular, para pequenos projetos, será muito difícil que esse investimento seja recompensado.

Você pode baixar um exemplo de DPA abaixo:

Download DPA Example Here  

Desenvolver um backend customizado

A principal vantagem de um backend personalizado é a flexibilidade que ele oferece. A desvantagem é o custo mais alto em comparação a um serviço de back-end e maior tempo de desenvolvimento até que você inicie seu MVP.

Se você decidir escolher esse caminho, aqui estão algumas linguagens de programação usadas com freqüência:

  • Node.JS – Alguns projetos famosos são, LinkedIn, Netflix, Uber
  • Python – Algumas empresas bem conhecidas usando Instagram, Spotify, Dropbox
  • Ruby on Rails – Alguns dos grandes exemplos são Airbnb, Shopify, Bloomberg

6. App Frontend

O frontend do app desempenha um papel fundamental no sucesso do seu aplicativo! Um app de sucesso requer recursos funcionais, limpos e atraentes para aumentar o interesse! A primeira decisão que você precisa tomar é se desenvolverá um app nativo, hibrido ou web.

Os aplicativos nativos funcionam nos sistemas operacionais dos dispositivos e exigem acesso total ao hardware e funcionalidades. Os principais benefícios dos aplicativos nativos são a velocidade; eles trabalham off-line e têm a melhor aparência e experiência de uso. Os aplicativos da Web não têm acesso ao hardware e têm uma funcionalidades mais limitadas. Os principais benefícios são o rápido tempo de comercialização, o baixo custo de desenvolvimento e não há necessidade de download. Aplicativos híbridos têm uma visualização da Web que é executada dentro do aplicativo nativo. Esta imagem é útil para destacar as diferenças.

app nativo híbrido web

Aplicativos da web

Vantagens

  • Tempo rápido para o mercado
  • Menos caro
  • As atualizações não exigem nova revisão da loja de aplicativos

Desvantagens

  • Experiência do usuário não é o mesmo que um aplicativo nativo
  • Mais lento e menos engenhoso
  • Um navegador é necessário para abrir o aplicativo

App nativo

Vantagens

  • Melhor performance
  • Experiência de usuário superior
  • Flexibilidade de desenvolvimento

Desvantagens

  • Opção mais cara
  • Mais complexo para manter e atualizar
  • Requer dois repositórios de código separados

App híbrido

Vantagens

  • Base de código único e menos dispendioso do que o nativo
  • Experiência de usuário semelhante aos aplicativos nativos
  • Não há necessidade de um navegador

Desvantagens

  • Mais lento que os aplicativos nativos
  • Você precisa de uma plataforma de terceiros para codificar
  • A correção de bugs pode ser mais difícil

De um modo geral, para desenvolver um MVP eu iria para o desenvolvimento híbrido pelas seguintes razões:

  • É mais fácil padronizar o desenvolvimento para Android / iOS
  • Mais barato em comparação com o nativo puro
  • A UX é superior aos aplicativos da web e funcionará off-line

Há muitas opções em termos da pilha de tecnologia que você pode usar para desenvolver o frontend do aplicativo. Aqui estão algumas opções:

  • React Native – Código aberto suportado pelo Facebook
  • Xamarim – Empresa Microsoft
  • Ionic Framework – Plataforma de desenvolvimento de aplicativos para desenvolvedores da web
  • Xcode e Swift para iOS nativo
  • Android Studio e Java para Android nativo

React Native
Vantagens

Cross Platform, você não perde tempo recompilar e é usado por grandes players como Instagram, Wallmart, etc.

Desvantagens

Não está claro a promessa de longo prazo do Facebook para manter a plataforma.

Xamarim
Vantagens

Cross Platform, suportada pela Microsoft, perto do desempenho do aplicativo nativo.

Desvantagens

Limitado ao suporte externo de codificação, o desenvolvimento da interface do usuário é demorado.

Ionic
Vantagens

Tempo de desenvolvimento rápido em comparação com o nativo, muitos componentes de interface do usuário e plug-ins disponíveis.

Desvantagens

A depuração é desafiadora e as construções podem quebrar.

Xcode e Swift para iOS nativo
Vantagens

Rápido desenvolvimento, aplicativos rápidos são fáceis de dimensionar, segurança, desempenho.

Desvantagens

Difícil de encontrar desenvolvedores (geralmente muito caro), pouca interoperabilidade com outras ferramentas, falta de suporte para aplicativos legados.

Java e Android Studio para Android nativo
Vantagens

Desempenho, mais talentos disponíveis, independência de hardware, aplicativos instantâneos.

Desvantagens

Várias telas de dispositivos e problemas de segurança.

7. Landing Page

Produzir Landing Page permite que você direcione seu público-alvo, ofereça algo de valor e transforme uma porcentagem maior de visitantes em downloads, além de obter dados sobre quem eles são e o que eles converteram. As Landing Pages também são relevantes porque aumentam sua credibilidade e fortalecem sua marca. Existem muitas ferramentas que podem ajudar você a criar uma Landing Page. Vou listar 3:

  • Wix Landing Pages
  • Mailchimp
  • KickoffLabs

8. Analytics 

Se você não pode medir, não pode melhorar. Então, você tem que monitorar seu aplicativo móvel! A análise e monitoramento para dispositivos móveis é indispensável por vários motivos. Ele fornece clareza sobre como os clientes estão usando seu aplicativo, com quais funcionalidades do aplicativo eles interagem e quais ações eles executam no aplicativo.

Você pode usar essas informações para criar um plano de execução para melhorar ainda mais o seu produto. Por exemplo, adicionar novos recursos ou refinar os existentes de uma maneira que facilite a vida dos usuários ou remover elementos que os clientes não parecem usar.

Este approach também mostrará se você está atingindo suas metas, seja o número de downloads, receita ou qualquer outro KPI importante para sua empresa. Dados reais são a melhor maneira de otimizar seu aplicativo.

Aqui estão algumas ferramentas que irão ajudá-lo:

  • Mixpanel
  • App Annie
  • Google Analytics

9. Teste seu App

Um aplicativo móvel bem testado aumentará suas avaliações e a satisfação do cliente. Invista tempo nesta etapa e você obterá referências valiosas e aumentará a taxa de download. Aqui estão alguns testes necessários que você deve fazer antes de publicar seu aplicativo:

  • Teste Funcional – O aplicativo funciona como esperado?
  • Teste de Usabilidade – Seu aplicativo é fácil de usar?
  • Teste de Interface do Usuário – Verifique os elementos da tela
  • Teste de Desempenho – Sua aplicação é estável e rápida?
  • Teste de Compatibilidade – Resolução de tela, orientação, hardware, etc

10. Otimize o SEO de seu aplicativo

A maioria falha nesta etapa! Há muita concorrência nas lojas de aplicativos e os usuários precisam encontrá-lo rapidamente. Uma maneira excelente de fazer isso é otimizar seu aplicativo e ter um bom ranking de SEO (ASO). Vários fatores influenciam sua classificação e são detalhados abaixo:

  • Título do aplicativo
  • Palavras-chave
  • Backlinks de qualidade

Assim que seu aplicativo for publicado, seus comentários e avaliações e o número de downloads também influenciarão o SEO. Portanto, certifique-se de que seus primeiros usuários estejam satisfeitos e isso o ajudará a crescer.

Aqui estão algumas plataformas que podem ajudar você com a otimização da loja de aplicativos:

  • AppRadar
  • Gummicube
  • Rankmyapp

11. Publique seu Aplicativo

Agora você está quase lá!

Aspectos legais
Antes de iniciar, certifique-se de ter preparado os Termos de Uso e a Política de Privacidade. Em particular, nos EUA, os advogados são caros! Você deve orçar pelo menos US $ 5.000 se usar um escritório de advocacia. Outra alternativa é comprar um modelo e adaptá-lo.

Publicar o aplicativo
O último passo é publicar seu aplicativo nas lojas! O processo de publicação é muito mais descontraído e direto com o Google Play em comparação com a Apple Store. As diferenças estão listadas abaixo:

Loja de aplicativos do Google (Google Play)

  • Crie uma conta de desenvolvedor
  • Pague uma taxa de registro única de US $ 25
  • Você pode publicar quantos aplicativos desejar
  • Adicionar título e descrição do aplicativo
  • Adicionar capturas de tela
  • Especifique a classificação do conteúdo
  • Selecione a categoria do aplicativo
  • Carregar SDK
  • Adicionar preço
  • O Google realiza quase nenhuma curadoria (processo de revisão automatizada)
  • O aplicativo é publicado em menos de 3 horas

Loja da Apple

  • Crie uma conta de desenvolvedor
  • Pague uma taxa de assinatura de US $ 99 / ano
  • Passar nas Diretrizes da App Store
  • Teste e garanta que não haja erros ou falhas
  • Faça o upload do seu aplicativo
  • Enviar para revisão oficial (processo de revisão manual)
  • A aprovação pode demorar até 2 dias ou mais

12. Promova seu App

Agora que você trabalhou muito para criar seu aplicativo, anuncie-o! Aqui estão algumas dicas úteis:

  • Comece um blog
  • Use o LinkedIn, Facebook, Twitter e outras mídias sociais
  • Crie um vídeo para seu aplicativo
  • Responda perguntas no Quora e no Reddit
  • Crie uma apresentação do Slideshare
  • Postar um emprego em Indeed

Para uma lista completa, não se esqueça de ler:

65 Simple Ways Promote Your App

13. Pegue feedback de seus clientes

Este passo nunca acaba! Quanto mais dados e compreensão dos seus usuários você tiver, melhores decisões você poderá tomar para o futuro do seu aplicativo. Não existe uma pílula mágica, e para aumentar o uso do seu aplicativo, você precisará trabalhar duro e ter uma rotina regular de monitoramento! Obter feedback do cliente tem que fazer parte da sua rotina diária! Suponhamos que você invista 1 hora por dia recebendo feedback dos clientes. Imagine o quanto você pode aprender após 365 dias. É essencial obter dados quantitativos e qualitativos sobre seus usuários.

Como obter dados quantitativos de usuários de aplicativos?

Use ferramentas de análise como o Google Analytics, Mix Panel, App Annie
Como obter dados qualitativos de usuários de aplicativos?

  • Faça pesquisas usando o Typeform ou o SurveyMonkey
  • Envie e-mails para seus clientes
  • Agende chamadas com seus usuários

Uma ação que sugiro que você faça é criar uma planilha simples do Excel e priorizar as melhorias com base nos dados coletados. Tente encontrar frutas penduradas e categorize as atualizações da seguinte forma:

  • Erros e erros claros
  • Correções fáceis
  • Melhorias mais complexas

Conclusão

Dar vida à sua ideia de aplicativo não é uma tarefa fácil! Você precisa se organizar, alocar tempo e recursos financeiros para iniciar um projeto de aplicativo para dispositivos móveis. Antes de codificar o aplicativo, certifique-se de criar especificações de alto nível, projetar o aplicativo e conversar com os clientes. Assim que você estiver confortável com a demanda do mercado por seu produto, escolha um sistema operacional e comece a desenvolver seu MVP. Teste seu aplicativo com usuários reais e otimize seu SEO. Quando estiver on-line, anuncie seu produto e interaja com seus usuários o máximo que puder. Quanto melhor você os entender, mais bem sucedido será o seu aplicativo.

Então, o que você acha dos resultados que alcançamos? Ajudou você a descobrir como criar um aplicativo para dispositivos móveis?

Caso tenha interesse de contribuir com este artigo, por favor me envie um e-mail para [email protected], e terei prazer em incluir seus comentários.

Se quiser saber mais sobre como criar um app de sucesso, leia o artigo abaixo.

How to Make an App

Abaixo, um resumo publicado no Imasters.

Como criar um app de sucesso?


Leave a reply

Your email address will not be published.