Dokku vs Docker

O desenvolvimento de aplicativos móveis já percorreu um longo caminho desde seus primeiros dias. À medida que o tráfego móvel aumenta, os desenvolvedores agora buscam ferramentas de desenvolvimento de acréscimos dinâmicos que lhes permitem enviar aplicativos aos usuários finais no menor tempo possível.

Plataformas como o Dokku os ajudam nesse sentido, permitindo que construam e implantem um aplicativo em um ambiente de produção. Continue lendo enquanto nos aprofundamos nas diferenças entre o Docker e o Dokku e compare suas vantagens para que você possa tomar uma decisão informada.

O que é Dokku?

Dokku é uma plataforma como serviço (PaaS) semelhante ao Heroku, que permite aos desenvolvedores construir e implantar seus aplicativos em um ambiente de produção em um servidor separado. As implantações de servidor remoto são gerenciadas por meio do Docker, um sistema de contêiner baseado em Linux, que cria um novo contêiner isolado cada vez que você empurra uma pilha de código.

Este PaaS gratuito e de código aberto é executado no Ubuntu, Debian 9 ou CentOS 7 e precisa de no mínimo 1 GB de memória do sistema para ser executado. Dokku é uma das menores implementações de PaaS disponíveis no mercado, mas isso não diz nada sobre suas capacidades.

Ele se destina essencialmente a ser executado em uma nova instalação de VM, e os usuários também podem direcionar um nome de domínio para um IP de host para usá-lo. Além disso, o Dokku gerencia a configuração do servidor em seu nome, para que você possa passar mais tempo melhorando a experiência real do aplicativo.

Recursos principais do Dokku

  • Buildpacks: os desenvolvedores e operadores podem enviar aplicativos por meio dos buildpacks oficiais do Heroku, garantindo a compatibilidade com o ambiente do Heroku. Para uma implantação mais controlada, você também pode usar arquivos Docker para personalizar o processo de implantação.
  • Subdomínios instantâneos: sempre que você empurra o código para uma nova pilha de aplicativos, o Dokku gerencia automaticamente os vários domínios de acesso e atribui um novo subdomínio. A configuração do Nginx também é gerenciada em seu nome e o Dokku encaminhará o tráfego para o contêiner correto de acordo.
  • Vários plug-ins: Dokku suporta vários plug-ins que podem melhorar muito a capacidade do programa, incluindo nomes como MongoDB, PostgreSQL, Elastic Search e Let’s Encrypt. Esses plug-ins permitem que os desenvolvedores adicionem várias funcionalidades sem sobrecarregar o aplicativo principal.

Vantagens do Dokku

  • Livre e de código aberto

Dokku é uma implementação de PaaS gratuita e de código aberto que pode ser executada em seu ambiente de desenvolvimento de aplicativo preferido. Os desenvolvedores precisam apenas comprar o ambiente de desenvolvimento, como um plano Digital Ocean, e acessar os recursos assim que o aplicativo entrar no ar. Esta implementação reduz significativamente os custos de produção e torna o projeto mais sustentável.

  • Time to Market

Dokku é uma plataforma de desenvolvimento de aplicativos leve, mas extremamente versátil e dinâmica, que oferece uma variedade de serviços em associação com provedores como AWS, Digital Ocean, Google Cloud, etc. Ele lida com o gerenciamento de infraestrutura complexa em seu nome para que você possa se concentrar em melhorar o aplicativo e lançando-o no mercado rapidamente.

  • CLI

A interface de linha de comando rica em recursos vem com uma pequena curva de aprendizado, mas torna o processo de desenvolvimento de aplicativos extremamente fácil e rápido. Tudo no Dokku pode ser acessado usando comandos de linha, e a plataforma tem vários comandos específicos de domínio, variável de ambiente, contêiner e aplicativo, que podem ser facilmente encontrados nos repositórios online.

O que é Docker?

Chamado de “plataforma de contêiner empresarial”, Docker é uma ferramenta versátil que ajuda milhões de desenvolvedores a construir, executar e entregar software em pacotes isolados chamados contêineres.

Cada contêiner é executado independentemente de outros e agrupa seu próprio software, bibliotecas e arquivos de configuração. É uma das plataformas de contêiner mais populares, permitindo inovação ininterrupta e de alta velocidade, permitindo que as organizações criem e implantem aplicativos em qualquer lugar que desejem.

O Docker usa essencialmente a virtualização no nível do sistema operacional para separar o aplicativo da infraestrutura, permitindo aos desenvolvedores o mesmo nível de controle sobre o gerenciamento da infraestrutura que eles têm sobre o aplicativo.

Recursos do Docker 

  • Rede definida por software: o Docker permite uma configuração de rede dinâmica e programaticamente eficiente, separando o plano de controle de rede do plano de encaminhamento. Os operadores podem projetar sistemas com topologias de rede complexas e melhorar o desempenho e o monitoramento da rede, definindo redes isoladas para contêineres sem tocar em um único roteador.
  • Portabilidade: os contêineres são portáteis e totalmente autocontidos com um volume de disco isolado que contém as dependências do software, como tempos de execução e bibliotecas. Os contêineres Docker eliminam os problemas de variação de configuração, como se um contêiner rodasse em sua máquina, ele também rodaria da mesma maneira nos ambientes de desenvolvimento e produção.
  • Fácil de usar: o Docker é de código aberto e o site contém informações detalhadas sobre como usar a plataforma em vários cenários. Também é fácil de aprender e vários recursos disponíveis online o ajudarão a aprender como construir e gerenciar contêineres isolados facilmente. Você pode começar a usar o Docker com qualquer máquina que ofereça suporte a máquinas virtuais ou um sistema operacional que ofereça suporte nativo a contêineres.

Vantagens do Docker 

  • Flexibilidade

Os aplicativos em execução em contêineres do Docker são inerentemente mais flexíveis e resilientes em comparação com os aplicativos que não rodam em um ambiente em contêiner. Orquestradores são ferramentas poderosas que gerenciam grandes implantações e sistemas complexos. A flexibilidade do Docker libera os desenvolvedores de preocupações com o bloqueio do fornecedor e apresenta várias opções de implantação.

  • Escalabilidade

Ambientes em contêineres também são mais fáceis de escalar sem gastar muito para melhorar o hardware. Ao contrário dos primeiros dias da Internet, onde a escalabilidade significava comprar mais e mais rápido servidores, os contêineres permitem que as operadoras coloquem mais cargas de trabalho em seu hardware existente, reduzindo o custo de escalar o aplicativo quando a base de usuários aumenta.

  • Melhor para microsserviços

Microsserviços são aplicativos que são essencialmente uma coleção de vários serviços fracamente acoplados, cada um responsável por apenas um recurso. Ao contrário dos monólitos que se tornam difíceis de gerenciar à medida que crescem, os contêineres de envio com as dependências do software são mais eficientes e podem ser facilmente implantados.

Conclusão

Docker e Dokku são ferramentas de código aberto preferidas pelos desenvolvedores por vários motivos.

Como desenvolvedor, você precisará entender as necessidades dos projetos completamente antes de selecionar qualquer um deles. Se você não conseguir decidir por conta própria, entrar em contato com uma empresa líder de hospedagem de aplicativos o ajudará a obter melhores insights sobre o assunto.

FAQ

O que é Dokku?

Dokku é uma plataforma como serviço (PaaS) semelhante ao Heroku, que permite aos desenvolvedores construir e implantar seus aplicativos em um ambiente de produção em um servidor separado.

O que é Dokker?

Docker é uma ferramenta versátil que ajuda milhões de desenvolvedores a construir, executar e entregar software em pacotes isolados chamados contêineres.


Leave a reply

Your email address will not be published.