Top 10 Tecnologias de Backend

As tecnologias de back-end são fundamentais no desenvolvimento de projetos de software do dia-a-dia. Quer você seja um fundador de startups, chefe de TI ou um tomador de decisões corporativas, selecionar a tecnologia de back-end certa é crucial para determinar o sucesso do seu projeto.

Na verdade, tecnologias de back-end bem escolhidas podem garantir escalabilidade, velocidade de funcionamento e responder instantaneamente às dúvidas e necessidades dos clientes. Porém, é um desafio escolher a opção apropriada, especialmente se você não for programador.

Este guia compartilhará as 10 principais tecnologias de backend, recursos, limitações e outros detalhes de forma abrangente. Esperançosamente, isso ajudaria você a tomar a decisão certa.

Vamos dar uma olhada.

O que é um backend?

Backend é um termo técnico usado por profissionais de informática e programadores. Basicamente, o back-end é o código do programador que lida com operações do lado do servidor, incluindo funções CRUD com banco de dados e toda a lógica do servidor. A maior parte da sintaxe operacional e dos dados são acumulados e obtidos no back-end de qualquer aplicativo. Os usuários não podem acessar o back-end de nenhum aplicativo de computador.

As 10 principais tecnologias de back-end que você deve conhecer

Aqui vamos discutir uma das melhores tecnologias de back-end líderes. Cada tecnologia do lado do servidor tem seus principais recursos e limitações. É fundamental decidir qual é o adequado de acordo com os requisitos do seu projeto. Aqui está uma visão geral:

Linguagem de programaçãoApps famososFrameworks
JavaScriptNetflix
Candy Crush
Facebook
Express.js
React
Vue
Angular
PythonInstagram
Google
Spotify
Django
Flask
CherryPy
RubyGitHub
Zendesk
Basecamp
Ruby on Rails
Sinatra
Padrino
PHPYahoo
Workpress
Wikipedia
Laravel
Cake PHP
Symfony
JavaNASA WorldWind
Hadoop
Jenkins
Blade
Dropwizard
GWT
C#Visual Studio
Windows Installer
NMath
.NET
Xamarin
Unity
PerlIMDB
Amazon
BBC
Catalyst
Dancer
TAP
C++Adobe Photoshop
Microsoft Office
Mozilla Firefox
Apache
APR
ASL
KotlinSquare
Trello
Evernote
Javalin
KTor
Spark
ScalaFinagle by Twitter
Lichess
Apache Kafka
Play
Akka
Chaos

Quer saber mais sobre cada tecnologia? Continue lendo.

JavaScript

Pelos últimos oito anos, o JavaScript ganhou consecutivamente a primeira posição como a tecnologia de programação mais comumente usada na Pesquisa Anual do StackOverflow. A Pesquisa de Desenvolvedores de 2020 do Stack Overflow também mostra que 69,7% dos desenvolvedores profissionais (47.184 respondentes participaram) votaram a favor do JavaScript como a tecnologia mais popular.

Com a ajuda de Node.js, você pode executar operações do lado do servidor sob a tecnologia de programação JavaScript. Mas também é essencial entender que Node.js funciona como uma plataforma e usa principalmente Express.js como sua estrutura do lado do servidor. Em palavras simples, Express.js é uma estrutura de back-end de código aberto para Node.js.

Express.js em conjunto com Node.js usa JavaScript como linguagem de front e back-end. Também desenvolve interfaces de programação de aplicativos (APIs) para aplicativos da web, móveis, híbridos, de uma e várias páginas.

JavaScript Features

Desenvolvimento rápido: JavaScript permite que os desenvolvedores o utilizem como tecnologia de front e back-end. É por isso que é rápido e fácil produzir aplicativos móveis e da web com esta linguagem de script.

Menos sobrecarga: essa tecnologia de back-end ajuda com seus recursos integrados para acesso DOM e bastidor etc. Isso leva a menos sobrecarga de script e melhora o desempenho.

Tecnologia de back-end minimalista: a plataforma de back-end do JavaScript, como Express.js, oferece módulos de middleware Express para descobrir diferentes desafios de desenvolvimento. Esses pacotes de middleware consistem em registrador de solicitações HTTP, tratamento de erros, cabeçalhos de segurança e funções de dados POST. Além disso, o JavaScript também é uma estrutura não doutrinária que funciona sem regulamentos rigorosos. Os desenvolvedores podem usar o middleware de sua escolha sem qualquer restrição.

Reduzir despesas: o script de back-end JavaScript é executado de maneira muito eficiente. A mesma linguagem é usada para produzir a codificação frontal e do lado do servidor do software. É por isso que se torna fácil de manusear em termos de esforço e orçamento.

Comunidade de código aberto: O escopo de melhoria torna-se menor sem a contribuição e feedback da comunidade. Felizmente, o JavaScript é uma comunidade de código aberto e os engenheiros de back-end sempre têm a chance de serem revisados. Essas revisões também levam a uma melhoria na codificação do back-end.

Tratamento de solicitações de I/O: Express.js em conjunto com Node.js, tem potência suficiente para lidar com milhares de notificações e solicitações de I/O de usuários de aplicativos.

Limitações do JavaScript

  • Não é fácil entender a natureza orientada a eventos dos back-ends de JavaScript. Especialmente os desenvolvedores que trabalham com outras linguagens de codificação interpretam mal os callbacks e escrevem o código inteiro nos callbacks. No entanto, esse problema é raro nas versões mais recentes.
  • Os programadores geralmente interpretam mal o conceito de middleware ao usar a programação do lado do servidor JavaScript.
  • Também é difícil hospedar estruturas de back-end de JavaScript com bancos de dados MySQL.
  • Poucos engenheiros de back-end também reclamam da natureza não-preconcebida das tecnologias de back-end JavaScript. Segundo eles, o design padrão é muito melhor do que essa liberdade.

Python

Python é uma linguagem de programação líder para todos os fins, criada pelo programador holandês Guido van Rossum em 1991. Com competência central de códigos concisos e legíveis, Python oferece suporte a programadores de back-end para escrever scripts racionais e explícitos.

De acordo com o 2020 Developer Survey do Stack Overflow, é a tecnologia de back-end mais procurada que os desenvolvedores desejam aprender. Sim, é o quarto ano consecutivo em que os desenvolvedores desejam aprender Python com prioridade. Ele também mantém a terceira posição entre as tecnologias de programação mais amadas.

Recursos do Python

Fácil de entender e codificar: a principal competência do Python é seu recurso de legibilidade. Na verdade, o script preciso do Python torna-o fácil de entender e codificar para iniciantes e programadores. Às vezes, também parece que as frases em inglês.

Bibliotecas extensas: A tecnologia de programação de back-end baixa bibliotecas extensas. Essas bibliotecas incluem códigos para teste de unidade, bancos de dados, expressões regulares, navegação e e-mail, etc. Em suma, com o suporte de bibliotecas extensas, os engenheiros de back-end não precisam escrever cada código manualmente.

Acessível: Python é um código aberto e gratuito. É por isso que desenvolvedores e empresas têm a chance de usar bibliotecas extensas gratuitas e outras fontes para seus projetos.

Oportunidades de IoT: com a ajuda dos recursos de programação modernos do Python, você pode construir projetos físicos no Raspberry Pi.

Incorporável: é fácil inserir seu código Python no código-fonte de linguagens como C ++. No entanto, o codificador não deve esquecer a regra Write Once Run Anywhere (WORA) aqui.

Limitações Python

  • Qualquer interrupção na codificação do Python pode levar a uma execução lenta. Também pode afetar gravemente a velocidade do projeto.
  • Em comparação com outras tecnologias de back-end, as camadas de acesso ao banco de dados do Python não estão totalmente desenvolvidas.
  • Python também precisa de testes adicionais para detectar bugs e outros erros.
  • Depende de bibliotecas e estruturas de terceiros.

Ruby

Ruby é outra tecnologia de back-end de código aberto projetada pelo cientista da computação japonês Yukihiro Matsumoto na década de 1990. Essa linguagem de script tem semelhanças com Python, Java e Perl. Ruby é normalmente usado para o desenvolvimento de aplicações web e é considerado o favorito para prototipagem.

Empresas de tecnologia como Esty, Airbnb e Shopify estão usando Ruby como tecnologia de script de back-end devido aos seus recursos orientados a objetos, escalabilidade e programação flexível.

Ruby Features

Produtivo: devido ao código legível curto e à disponibilidade de bibliotecas de terceiros, Ruby é uma tecnologia de back-end muito produto. Os desenvolvedores normalmente precisam de menos documentação separada com Ruby. Ele permite que tecnologias de back-end usem projetos já disponíveis.

Metaprogramação: Ruby também apóia a metaprogramação. Na metaprogramação, os scripts do desenvolvedor codificam em Ruby e o programa apresenta o outro código. Com ferramentas flexíveis, como métodos fantasma, introspecção e macros, é conveniente criar um script de curta duração.

Bibliotecas: Ruby oferece módulos de terceiros. Você pode encontrar todas as suas bibliotecas em RubyGems.

Teste: a tecnologia de back-end Ruby também vale a pena usar para o desenvolvimento de projetos de alta qualidade. São recursos de automação de teste e bibliotecas valiosas de Ruby que fazem isso acontecer.

Rápido e estável: em comparação com outras linguagens de script de back-end, Ruby leva 40% menos tempo no desenvolvimento de um código. Também é rápido para fazer solicitações e outras etapas de processamento. Da mesma forma, Ruby também é mais resiliente devido às suas características orientadas a objetos.

Limitações Ruby

  • A velocidade de execução do Ruby é lenta em comparação com outras linguagens de script.
  • Embora Ruby seja uma comunidade de código aberto, infelizmente, não tem bibliotecas e fontes suficientes.
  • Em comparação com outras linguagens de programação, Ruby é novo e funciona com seu próprio código. É difícil para outros tecnólogos de back-end aprender.
  • É um desafio depurar um código escrito em Ruby.

PHP

PHP é uma tecnologia líder de script do lado do servidor que foi introduzida por Rasmus Lerdorf em 1994. Essa tecnologia de back-end de código aberto é comumente usada para sites. Cerca de 79,1% dos sites na internet usam PHP como tecnologia do lado do servidor, de acordo com uma pesquisa recente da W3Techs.

Esta linguagem de script de uso geral é fácil de usar e corrige as informações nos bancos de dados. A disponibilidade de várias estruturas modernas, grande comunidade, base de código robusta e fácil implantação também agregam um valor tremendo a essa tecnologia. É melhor usar o PHP junto com MySQL e Linux Apache.

Recursos PHP

Código aberto e independente de plataforma: uma variedade de bibliotecas PHP gratuitas estão disponíveis na web. Os codificadores podem usá-los para um rápido desenvolvimento de back-end. Embora sistemas operacionais como Windows, Linux, etc., principalmente suportem PHP, você também pode executar aplicativos da web PHP em qualquer plataforma.

Custo-benefício: com a presença de comunidades gratuitas e de código aberto, é bastante conveniente codificar com PHP. É por isso que é barato contratar um desenvolvedor de back-end de PHP. Ele também ocupa a penúltima posição entre as tecnologias de maior remuneração nos Estados Unidos, de acordo com a Pesquisa de Desenvolvedor de Stack Overflow de 2020.

Simplifica a programação: em vez de usar código SQL extenso, as estruturas de PHP permitem que os desenvolvedores obtenham o benefício de fornecer sistemas de mapeamento objeto-relacional (ORM). Da mesma forma, o uso da arquitetura model-view-controller (MVC) também facilita a codificação de funções do lado do servidor para desenvolvedores.

Melhor para iniciantes: PHP é adequado para ser aprendido por engenheiros de back-end iniciantes. Recursos como a sequência de execução e nenhuma curva de aprendizado tornam a escolha dos iniciantes em PHP para aprender.

Automatize as tarefas de desenvolvimento: com a tecnologia de script PHP, é fácil automatizar as tarefas de desenvolvimento como gerenciamento de sessão, mapeamento de URL, autenticação, etc.

Segurança contra ataques direcionados: Sem dúvida, os desenvolvedores consideram o PHP como uma linguagem de back-end insegura. Mas com funções de segurança integradas, você pode evitar essas ameaças.

Limitações do PHP

  • A popularidade do PHP está diminuindo dia a dia. Os desenvolvedores raramente consideram incluir o PHP em suas habilidades hoje em dia.
  • PHP não está competindo com tecnologias de back-end modernas como Python e Ruby devido à falta de bibliotecas avançadas.
  • Devido à natureza de código aberto do PHP, ele é acessível ao uso indevido de bugs na codificação.

Java

Java é uma das tecnologias de back-end mais poderosas, que tem a segunda classificação, de acordo com o Índice TIOBE 2021. James Gosling desenvolveu essa tecnologia de programação originalmente em 1991, mas foi publicada em 1995 pela Sun Microsystems.

Os desenvolvedores preferem fazer aplicativos da web adaptáveis e ricos em recursos com Java há anos. No entanto, você pode usar o Java para dispositivos móveis, graves e desenvolvimento de software de microcontrolador também.

Recursos do Java

Simples e altamente escalonável: Java EE é altamente escalável porque permite várias instâncias para solicitações de servidor. A disponibilidade instantânea de componentes Java e tecnologia de sintaxe inequívoca também torna simples para os desenvolvedores usar essa linguagem de back-end.

Multi-Threading: Java permite tratar todas as solicitações em threads independentes devido a um servidor web multi-threaded. Com esse recurso de multithreading, o Java funciona muito bem para aplicativos com uso intensivo de CPU.

Bibliotecas de código aberto: uma variedade de bibliotecas de código aberto, como análise JSON, mensagens, PDF, teste de unidade e bibliotecas do Excel disponíveis para Java. Os desenvolvedores Java podem usar esses recursos para agilizar suas tarefas do lado do servidor.

Segurança: Java oferece recursos incríveis para superar os riscos de segurança. Da mesma forma, as Java Virtual Machines examinam os bytecodes java para detectar e reduzir o risco de vírus. Da mesma forma, o modelo de segurança do Java e o teste de códigos reutilizáveis ajudam os desenvolvedores a evitar ameaças à segurança.

Limitações do Java

  • Essa programação do lado do servidor consome mais tempo e memória.
  • Java não oferece comando sobre coleta de lixo, e o suporte de programação de baixo nível também está ausente em Java.
  • Devido ao alto custo do hardware, pode ser caro usar o Java.
  • O kit de ferramentas Swing, que Java está usando aplicativos GUI, é diferente em comparação com os da moda.

C# .NET

C# conhecido como C-sustenido, é uma das linguagens de programação de backend mais famosas, preferidas para automação no ambiente Windows. C # também é usado para desenvolvimento web na estrutura ASP.net. É uma das linguagens de programação mais antigas e uma extensão do C ++.

Esta tecnologia de back-end é mais comumente usada para aplicativos de desktop e sistemas embarcados nesta era. A velocidade de execução do C # é mais rápida do que a maioria das outras linguagens de programação, ou seja, Python. No mundo moderno, C # é mais amplamente usado no desenvolvimento de jogos usando plataformas do tipo Unity. Os engenheiros de back-end também usam essa tecnologia de back-end para desenvolver aplicativos de console.

Recursos do C #

Linguagem orientada a objetos: C # é uma linguagem orientada a objetos que significa que você pode estruturar seu código usando classes e relacionamentos. É útil implementar o sistema com fácil solução de problemas se algo der errado.

Plataforma cruzada: os aplicativos que usam o back-end C # podem operar em diferentes sistemas operacionais, como Windows, macOS, etc. Leia este artigo sobre frameworks de plataforma cruzada para saber mais.

Compatibilidade: os aplicativos C # permitem a interoperabilidade com sistemas legados mais antigos. Essa tecnologia de script de back-end também é útil para organizações que não estão atualizadas e usam estruturas de programação antigas.

Coleta de lixo automática: C # tem a capacidade de remover todo o lixo do sistema. Este recurso é benéfico para a execução rápida do programa. Essa coleta de lixo não deixa o sistema travar durante a execução do aplicativo.

Limitações do C #

  • C # é uma linguagem de alto nível, portanto, não permite que o programador interaja diretamente com o hardware.
  • Esta tecnologia de back-end é menos flexível em comparação com outras linguagens de script. Sim, ele só roda na estrutura .NET e só pode ser hospedado na plataforma Windows.

Perl

Perl é outra tecnologia de back-end de uso geral que Larry Wall desenvolveu há 32 anos. De acordo com o 2020 Stack Overflow Developer Survey, Perl é a tecnologia que mais paga em todo o mundo. A propósito, é significativo saber que a mesma pesquisa também classifica Perl entre as três primeiras linguagens temidas.

Enquanto o Perl é bastante antiquado, os desenvolvedores ainda estão usando o Perl 5 para automação e prototipagem rápidas.

Perl Features

Multi-plataforma: Perl pode operar com plataformas distintas, incluindo Macintosh, Windows e a maioria das variantes do UNIX.

Código aberto: como outras tecnologias de back-end rivais, Perl também oferece código aberto e bibliotecas gratuitas. No entanto, em muitos casos, eles podem solicitar novamente pequenas taxas de cópia.

Incorporável e extensível: Perl pode ser facilmente incorporado em qualquer um dos aplicativos C ++ e C. Apesar de SWIG e XS, Perl também apóia bibliotecas externas de C e C ++.

Processamento de texto: Perl é uma linguagem de script perfeita para processamento de texto. Felizmente, as versões recentes do Perl também mantêm sistemas compatíveis com POSIX e processam chamadas de soquete com outros recursos avançados.

Limitações do Perl

  • É difícil consertar bugs e separar dados infecciosos com Perl.
  • Perl não fornece processamento de alto desempenho em comparação com outras tecnologias de back-end.
  • Bibliotecas Perl não são avançadas o suficiente.
  • Ele agita quando o código é extenso.
  • Perl não é a opção certa se você deseja melhorar a escalabilidade e a velocidade de seu projeto.
  • É caro contratar engenheiros de back-end Perl porque está um pouco desatualizado e os desenvolvedores não preferem aprendê-lo.

C++

C++ é uma versão estendida da linguagem C. C ++ foi introduzido com classes. Este conceito de classes ou programação orientada a objetos estava faltando na linguagem C. A ideia de programação orientada a objetos é vital para qualquer linguagem de programação no mundo moderno para escrever código estruturado usando classes e definindo seus relacionamentos.

C ++ é uma das linguagens de programação mais antigas e é mais usada em programação de sistema e sistemas embarcados. C ++ é uma linguagem de baixo nível e pode interagir com os recursos de hardware. É usado para aplicativos de jogos, sistemas operacionais, software de banco de dados, etc.

Recursos do C ++

Portabilidade: independência de plataforma é um dos recursos críticos dos aplicativos C ++. Você pode executar aplicativos C ++ em diferentes plataformas ou sistemas operacionais.

Programação orientada a objetos: a linguagem C não oferece suporte à programação orientada a objetos, mas C ++ preenche essa deficiência. Esse recurso torna essa linguagem mais poderosa e fácil de codificar com programação estruturada.

Gerenciamento de memória: os programadores obtêm controle total sobre o gerenciamento de memória usando C ++. Pode ajudar o programador a gerenciar a memória de forma eficaz para executar o programa.

Linguagem de baixo nível: C ++ é uma linguagem de baixo nível e próxima do sistema. Portanto, a maioria dos sistemas embarcados é construída em C ++ porque pode interagir diretamente com os recursos de hardware.

Limitações do C ++

  • Existem alguns problemas de segurança em C ++. Com a tecnologia de back-end C ++, os usuários podem interagir diretamente com o hardware usando C ++ como uma linguagem baixa.
  • Não há coleta de lixo em C ++ para filtrar dados desnecessários. 

Kotlin

Kotlin é uma linguagem de programação de back-end que está sendo usada para o desenvolvimento de aplicativos Android. Ela está assumindo o Java para o desenvolvimento de aplicativos Android, e sua demanda está aumentando dia a dia. Mais de 60% dos desenvolvedores de aplicativos Android estão usando Kotlin no back-end. Kotlin interopera completamente com Java e JVM.

A JetBrains apresentou o Kotlin como uma linguagem de programação de backend para aplicativos Android em 2011. Desde então, ela se tornou uma das linguagens de programação mais famosas no mundo da ciência da computação.

Recursos do Kotlin

Código conciso: os programadores podem resolver problemas mais significativos escrevendo menos linhas de código do que em outras linguagens.

Fácil de manter: devido ao código conciso, o Kotlin ajuda os programadores a ler e manter o código facilmente.

Interoperável com Java: esta tecnologia de programação é totalmente compatível com Java. Os programadores não precisam alterar todo o projeto para mudar para Kotlin. Com todas as ferramentas e tecnologias Java, você pode adicioná-lo ao seu projeto Kotlin para implementar funcionalidades adicionais.

Limitações do Kotlin

  • Kotlin não tem tipos primitivos para variáveis e funções. Os programadores estão acostumados a trabalhar com tipos primitivos em Java e outras linguagens.
  • É um desafio gerenciar a saída de variáveis e funções com a ausência de tipos primitivos.
  • Java é mais rápido na compilação do que Kotlin quando se trata de compilações limpas de aplicativos Android.

Scala

Scala é uma linguagem de alto nível que combina programação orientada a objetos e funcional para torná-la mais concisa. Você pode construir sistemas de alto desempenho acessando vastas bibliotecas de seus tempos de execução JVM e JavaScript. Scala é interoperável com Java porque roda em JVM e pode combinar o código de ambas as linguagens para fornecer uma solução definitiva.

O compilador Scala é útil para tipos estáticos. Você não precisa trabalhar com tipos, pois o sistema funcionará para você com tipos estáticos. Isso torna esta linguagem de programação de back-end mais útil e útil.

Recursos do Scala

Conciso: esta linguagem de programação de back-end combina programação funcional e orientada a objetos. Isso torna o código mais conciso e mais confortável de manter.

Interoperável com Java: Scala é executado em JVM e é totalmente compatível com a linguagem de programação Java. O código pode ser escrito em Java e Scala ao mesmo tempo para obter os resultados desejados do sistema. Essa integração perfeita com o Java é benéfica para os desenvolvedores Java usarem essa tecnologia de back-end.

Fácil de manter: O código Scala conciso pode manter facilmente e os programadores podem ler o código facilmente. Ajuda os programadores a entender o código rapidamente, significativamente quando um projeto é mudado de um programador para outro.

Limitações do Scala

  • Scala apresenta um paradigma totalmente diferente e diferente das técnicas tradicionais de programação Java.
  • É um pouco mais difícil para os programadores entender o tipo de informação, pois isso não é feito no final do desenvolvedor. É uma combinação de programação funcional e orientada a objetos.

Conclusão

Este guia compartilhou uma das principais tecnologias de back-end com os leitores. Consideramos o TIOBE Index 2021, o Stack Overflow Developer Survey 2020 e a pesquisa de tecnologia da Web da W3Techs para buscar dados estatísticos sobre tecnologias do lado do servidor. Felizmente, as tecnologias de back-end que explicamos acima podem ajudá-lo a tomar a decisão certa.

Espero que tenha gostado deste artigo! Nesse caso, você também pode estar interessado em saber mais sobre as melhores estruturas de back-end. Para saber mais, leia o artigo Top 10 Backend Frameworks.

FAQ

O que é um backend?

O backend é o código do programador que lida com operações do lado do servidor, incluindo funções CRUD com banco de dados e toda a lógica do servidor.

Quais são as melhores tecnologias de backend?

– JavaScript
– Python
– Ruby
– PHP
– Java
– C#
– C++
– Perl
– Scala
– Kotlin


Leave a reply

Your email address will not be published.